19 nov 2013

Yahoo! intensificará segurança de dados

Até março de 2014 todas as informações que passam pelos serviços do Yahoo! serão protegidas por criptografia. A garantia foi dada pela CEO da companhia, Marissa Mayer, que está focada em melhorar a proteção dos dados de usuários do Yahoo!.

A medida visa blindar as informações contra a possível espionagem do governo norte-americano, que estaria vasculhando dados sigilosos sem aviso prévio. “Não há nada mais importante para nós do que proteger a privacidade de nossos usuários”, disse a executiva.

Entenda a preocupação

A NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA) invadiu redes de conexão do Google e Yahoo! com computadores ao redor do mundo para ter acesso a informações pessoais de internautas.

A informação foi divulgada pelo jornal Washington Post, que teve acesso a documentos vazados por Edward Snowden e conversou com engenheiros envolvidos no caso.

O projeto, chamado de MUSCULAR, operava ao lado do PRISM e contava com ajuda do centro de escutas britânico GCHQ. Quando um dado era transmitido entre a “internet comum” e a nuvem destas empresas, era desviado a Washington para que o governo norte-americano pudesse analisar milhões de informações diariamente.

No início da polêmica acerca da espionagem, as empresas de internet alegaram que o repasse dos dados acontecia apenas por meio de vias jurídicas e constavam de seus relatórios de transparência. Porém, novas acusações indicam que o monitoramento ocorreu sem a ciência das organizações.

Em um comunicado ao Washington Post, o Google disse que está aflito com as denúncias e reforçou que não tinha consciência disso. “Nós sempre estivemos preocupados com a possibilidade desse tipo de espionagem, por isso continuamos a melhorar mais e mais os serviços de criptografia do Google”, informou a companhia.

O Yahoo! também se surpreendeu. “Nós temos controles estritos para proteger a segurança dos nossos data centers, e não demos acesso dos nossos data centers à NSA ou a nenhuma outra agência governamental”.

Fonte: Olhar Digital

Deixe seu comentário