04 jun 2013

Ser o mais jovem no emprego tem seu lado positivo

Mostre que mesmo sendo novato, você é competente e está disposto a aprender com os colegas que estão no local há mais tempo

Ser o mais jovem no emprego é uma situação em que boa parte dos profissionais já passaram ou ainda enfrentarão na carreira. Para encarar essa fase sem crise, utilize algumas estratégias que podem ajudar a dar um basta no receio de ser taxado como inexperiente.

Tenha conhecimento das suas funções e saiba, com cautela, a se oferecer para novas responsabilidades. É importante cumprir as atividades e se mostrar disponível para quando pedirem ajuda, mas, dose a proatividade para não acabar com a imagem de “sabe-tudo”.

A aparência também conta ponto. Abandone o vestuário que você utilizava nos estágios na faculdade, e lembre-se que agora você está em um ambiente corporativo. Vale a pena investir nas roupas, isso também vai refletir na forma com que os funcionários olham para você.

Mostre que mesmo sendo novato, você é competente e está disposto a aprender com os colegas que estão no local há mais tempo. O interesse e a humildade são fundamentais não só para quem começou agora, mas também para os que já possuem uma trajetória profissional consolidada.

Por Laiza Lopes / Convergência Comunicação Estratégica / Portal Ligado na facul.

Deixe seu comentário