12 ago 2014

O adeus a Robin Williams

Robin Williams fez papel cômicos e dramáticos. Aqui em ‘Patch Adams – O Amor é contagioso’

A morte do ator Robin Williams pegou todo mundo de surpresa ontem. Aos 63 anos, ele foi encontrado morto em sua casa, na Califórnia. As causas ainda estão sendo apuradas, mas as suspeitas são de suicídio por asfixia. Willians enfrentava uma depressão profunda nos últimos anos. Também lutava contra o alcoolismo.

Robin Williams ficou mundialmente conhecido por seus papéis dramáticos e bem-humorados, como em Bom Dia, Vietnã, Sociedade dos Poetas Mortos, Gênio Indomável, Patch Adams – O Amor é Contagioso, Uma Babá Quase Perfeita, A.I. Inteligência Artificial, entre outros. Foi responsável por muitos de nossos risos, lágrimas e lições de vida. Sem dúvida, fará muita falta.

Responsável por promover o Oscar, a Academia usou o personagem do Gênio, que foi dublado pelo ator, para lembrar de Williams

Homenagem

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas postou ontem nas redes sociais uma delicada homenagem ao ator. A cena em que Gênio e Alladin se abraçam apareceu em postagens no Twitter e no Facebook, acompanhadas da mensagem “Genie, you’re free” (Gênio, você está livre), em memória a Robin Williams, que foi dublador do Gênio na versão norte-americana da animação da Disney.

O gesto ao lembrar do ator foi bem recebido pelo público digital. Até as 11h30 desta terça, foram mais de 138 mil curtidas e mais de 23.600 compartilhamentos no Facebook, além de mais de mil comentários.

No Twitter, até o mesmo horário, haviam sido dados mais de 255 mil retuítes e 169 mil favoritadas.

No cinema, ainda teremos a chance de nos despedir do ator em três filmes que, segundo o IMDB estão em fase de pós-produção, sendo que um deles é Uma Noite no Museu 3. Que ele encontre a paz!

Deixe seu comentário