04 jun 2013

Fluência em inglês ainda é barreira

Pesquisas apontam que a diferença salarial para quem tem inglês pode chegar a quase 64% para um cargo de supervisão

Pesquisas apontam que a diferença salarial para quem tem inglês pode chegar a quase 64% para um cargo de supervisão. No Brasil, apenas 8% da classe A/B falam inglês fluentemente. E esses números poderiam ser bem melhores se o inglês fizesse parte da nossa vida, por exemplo, ainda na infância.

Um levantamento organizado pela Catho mostrou que mais de 80% das entrevistas em língua estrangeira são feitas em inglês. E que apenas 11% dos profissionais conseguem se comunicar sem dificuldades, e somente 3% falam o idioma fluentemente.

Veja mais detalhes nessa reportagem feita pelo Jornal Hoje.

E como nunca é tarde para aprender um novo idioma, confira a lista de cursos oferecidos pela ESAGS em universidades renomadas dos Estados Unidos e Canadá.

Com informações do Jornal Hoje.

Deixe seu comentário