23 mai 2014

Conheça os 10 maiores CEOs do Brasil

A edição de maio da revista Forbes Brasil selecionou líderes que são destaque em seus segmentos, participando de empresas e conglomerados. Foram escolhidos somente CEOs de organizações com faturamento mínimo de R$ 500 milhões por ano.

Kakinoff está há um ano na presidência da Gol e tem enfrentado desafios para fazer a empresa decolar

O CEO da Gol Linhas Aéreas, Paulo Kakinoff foi eleito em primeiro lugar no ranking e apresenta em sua bagagem profissional passagem por empresas como Volkswagen e Audi Brasil.

Em recente entrevista à Revista Época, Kakinoff falou sobre o desafio de encarar a presidência da Gol em meio à alta do dólar, 4 mil demissões e ao prejuízo em todos os trimestres, tendo como missão fazer a empresa decolar novamente. Talvez por isso ele ocupe a ponta da lista da Forbes.

A segunda posição ficou com o presidente da Coca-Cola Brasil, Xiemar Zarazúa, que se destaca em ações voltadas para a sustentabilidade e realiza trabalhos de responsabilidade social, como o projeto ‘Coletivo Coca-Cola’, que leva jovens carentes a conseguirem seu primeiro emprego.

O terceiro lugar pertence a Harry Schmelzer Jr., presidente da WEG, fabricante catarinense de equipamentos elétricos que acredita na inovação como o único meio possível de se obter resultados capazes de transformar positivamente a empresa.

Confira a lista abaixo e leia mais na revista Forbes Brasil, que já esta nas bancas.

1 – Paulo Kakinoff – CEO da Gol Linhas Aéreas
2 – Xiemar Zarazúa – Presidente da Coca-Cola Brasil
3 – Harry Schmelzer Jr. – Presidente da WEG
4 – Luiz Carlos Mendonça de Barros – Presidente da Foton Aumark do Brasil
5 – Marcelo Odebrecht – Presidente das Organizações Odebrecht
6 – Jorge Gerdau Johannpeter – Presidente do Conselho de Administração do Grupo Gerdau
7 – Manoel Amorim – Presidente da Abril Educação
8 – Antônio ErmÍrio de Moraes – Ex-Presidente do Grupo Votorantim
9 – Alessandro Carlucci – Presidente da Natura
10 – Alair Martins do Nascimento – Presidente do Conselho de Administração do Grupo Martins

Deixe seu comentário