28 jul 2014

Bilionário dono da Claro propõe redução radical de jornada de trabalho

Que tal trabalhar apenas três dias por semana e curtir quatro dias de folga? Segundo o bilionário empresário mexicano Carlos Slim, dono de um império de mais de R$ 180 bilhões (juramos que não houve erro de digitação aqui), esta seria a fórmula mais adequada para motivar trabalhadores e garantir melhores índices de produtividade em todo o mundo.

O depoimento de Carlos Slim foi dada no Paraguai, na semana passada, durante um fórum de negócios. O dono da América Móvil – controladora no Brasil da operadora de telefonia celular e TV por assinatura Claro -, o homem mais rico do mundo pensa que a redução dos dias trabalhos pode melhorar a qualidade de vida, permitindo mais tempo livre. Descansados, os funcionários renderiam mais e gerariam resultados mais produtivos e saudáveis.

Contudo, a proposta do mexicano tem um fator que pode desagradar muita gente: em vez de se aposentar entre 60 a 65 anos, o trabalhador teria de estender sua vida profissional até 75 anos, para compensar a modernização do plano de carreira. Confira abaixo uma matéria da CNN em Espanhol sobre o tema e tire suas próprias conclusões? Estaria Slim apenas jogando pra galera ou a proposta dele faz sentido? Deixe sua opinião aqui no blog Jovem Executivo!

Deixe seu comentário